Fotos das Trilhas para Caminhadas mais Perigosas do Mundo

Trilhas que desafiam a morte atraem entusiastas da natureza

Para alguns entusiastas da natureza, a beleza do ar livre não é suficiente. Não, tem que haver um elemento de perigo e uma possibilidade legítima de morrer. Porque, é claro, nada faz você apreciar uma vista deslumbrante mais do que saber que um passo errado e você vai despencar para um final violento e rochoso.

Então se você aprecia o perigo veja a nossa lista das trilhas para caminhadas mais perigosas do mundo que aguardam sua visita.

Via Ferrata – Itália e Áustria

Nada é mais divertido ao ar livre, do que agarrar-se a um cabo de aço que está afixado na face de um penhasco. Via Ferrata, que literalmente significa “estrada de ferro” em italiano, é uma rota de escalada protegida que atravessa os Alpes italianos e austríacos. E, como você pode imaginar a partir do nome, as seções da trilha possuem cabos inseridos no penhasco escarpado, aos quais os caminhantes / alpinistas se prendem para não cair.

Mount Huashan – China

Saiba que o Mount Hua Shan tem sua própria página na  Wikipedia com uma seção inteira dedicada a “Fatalidades”. Alerta: eles ainda ocorrem. Existem três rotas que levam ao Pico Norte de Hua Shan, que é o mais baixo de cinco picos e mede em quase 1615 metros. Do pico norte, a trilha chega até o cume de Canglong Ling, onde caminhos estreitos e desprotegidos deram a Mount Hua Shan sua reputação de uma das trilhas para caminhadas mais mortíferas do mundo.

Huayna Picchu – Peru

Então você completou o Caminho Inca e chegou em Machu Picchu. Parabéns. Mas não tão rápido … na verdade, há um pico ainda maior do que Machu Picchu, que também é pontilhado com templos e outros restos Inca “esquecidos”. De acordo com os guias locais, o topo de Huayna Picchu, que tem mais 2700 metros e é a montanha que você deve visitar. Algumas partes da trilha são escorregadias e expostas, então tenha cuidado.

Half Dome – Califórnia

Até a década de 1870, esta cúpula de granito geológico no Parque Nacional de Yosemite era considerada “perfeitamente inacessível”. O que, para escaladores, significava: “desafio aceito”. George G. Anderson foi o primeiro a atingir o cume em 1875 e fez isso com perfuração de estacas de ferro no granito. Hoje, há algumas maneiras de chegar ao topo, mas você precisa ser experiente em escalada.

El Caminito del Rey – Espanha

Você vai percorrer uma pequena passarela presa ao lado de um desfiladeiro. Houve dois acidentes fatais em 1999 e 2000 que obrigaram o governo espanhol a fechar a trilha. Mas, ela foi restaurada e foi reaberta.

 

Rover’s Run – Alasca

Esta trilha fica a apenas alguns quilômetros de Anchorage, e é percorrida de bicicleta. Mas, vale lembrar que a área onde se encontra a trilha é a casa de ursos marrons que são conhecidos pelos turistas como violentos e fatais.

Devil’s Path – Nova York

Esta trilha desafiadora – uma das mais perigosas do leste dos Estados Unidos – ela é cortada para baixo e para cima nas paredes de quatro picos. Ela exige que os turistas escalem ao invés de caminhar.

Kalalau Trail – Havaí

Nós achamos que você poderia ir ao Havaí e relaxar na praia, mas isso parece terrivelmente chata quando se tem a trilha Kalalau na ilha de Kauai. A trilha tem 14355.35 de fácil acesso, mas por estar em uma área remota ela ganhou um lugar na lista de caminhadas mais perigosas do mundo.


Vulcão Pacaya – Guatemala

Aqui estão algumas palavras-chave para os verdadeiros aficionados à adrenalina: florestas espessas, guardas armados, bandidos e um vulcão ativo. No vulcão Pacaya da Guatemala, você pode fazer uma caminhada de duas horas com um grupo guiado (garantindo que você não seja assaltado por bandidos da selva, o que é uma possibilidade). A trilha é definitivamente perigosa, mas ao final dela a vista é deslumbrante.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *