Fotos de Mariana e pontos turísticos

Histórica Mariana em Minas Gerais

Mariana é a mais antiga das cidades mineiras coloniais, fundada por bandeirantes antes de Ouro Preto, em 1696. No início, a cidade era chamada de Arraial de Nossa Senhora do Carmo. Seu nome foi mudado para Mariana em honra a esposa de Dom João V, D. Maria Ana da Áustria.

Mariana conta com muitas construções coloniais, a maioria delas construídas na segunda metade do século 18. O artista Mestre Athayde nasceu na cidade, assim como o inconfidente Cláudio Manuel da Costa. A cidade foi declarada monumento nacional em 1945 e os visitantes podem apreciar pontos turísticos que contam um pouco da história do Brasil durante a era do ouro.

– Ateliê de Marionetes Catin Nardi – os marionetes do argentino Nardi ganharam fama em todo Brasil e são apresentados em mostras semanalmente.
– Câmara e Cadeia – localizadas na Praça de Minas Gerais. Nos tempos coloniais, este edifício abrigavam escritórios de funcionários públicos.
– Gruta da Nossa Senhora da Lapa
– Rua Direita – abriga as casas mais antigas e mais bem preservadas da cidade. Alguns destaques são a Casa do Barão de Pontal, a Casa setecentista, (um edifício do século 18), e a casa do poeta Alphonsus de Guimarães, agora contendo um pequeno museu dedicado ao seu trabalho.
– Museu Arquidiocesano de Arte Sacra – instalado em um prédio colonial cuja construção teve início em 1770. É considerado um dos melhores museus d arte sacra do Brasil, com mais de dois mil objetos, incluindo um relicário de ouro considerado o mais rico do estado e segundo no Brasil. A coleção inclui obras em pedra-sabão, porcelana e madeira, pintura portuguesa, pinturas de Ataíde, e muitos outros objetos.
– Museu da Música de Mariana – localizada no interior do antigo Palácio dos Bispos. Sua exposição permanente inclui uma coleção de partituras, documentos e outros materiais impressos a partir de 1700.
– Museu do Livro – o local guarda livros raros do sécculo 18, incluindo uma série de volumes relacionados à Inconfidência Mineira.
– Igreja de São Pedro dos Clérigos
– Catedral de Nossa Senhora da Assunção – maior e mais antiga igreja da cidade, foi construída entre 1709 e 1750. Muitos artistas famosos contribuíram para a sua construção, incluindo Aleijadinho, seu pai, e Manuel da Costa Ataíde.
– Igreja da Arquiconfraria – construída em 1784, esta igreja tem um design excepcionalmente simples.
– Igreja Matriz Nossa Senhora da Glória
– Igreja de Nossa Senhora das Mercês – o interior abriga algumas das obras mais venerado na cidade, uma bela série de esculturas em madeira com decoração em ouro, feito por um artista desconhecido.
– Igreja de Nossa Senhora do Rosário – conta com altares ricamente decorados.
– Igreja de Santo Antônio – é a igreja mais antiga da cidade.
– Igreja São Francisco de Assis – foi construída entre 1763 e 1794 e decorado por um número de diferentes pintores, incluindo Manuel da Costa Ataíde, que está enterrado na igreja.
– Igreja de São Pedro dos Clérigos foi projetada por Antônio Ferreira Calheiros, que também projetou a Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Ouro Preto. A construção começou em 1752, mas nunca foi concluída
– Santuário Nossa Senhora do Carmo – igreja construída em 1784. Parte da nave principal foi destruída em um incêndio em 1999.

Mariana 1

Mariana 2 Mariana 3

Mariana 4 Mariana 5 Mariana 6 Mariana 7 Mariana 8





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *