Fotos de Morretes e pontos turisticos

Morretes preserva a bela arquitetura do século 18

Morretes é uma pequena cidade histórica no litoral do estado do Paraná. Com população de cerca de 15.000 pessoas, a cidade é conhecida por seu prato típico: o Barreado. Nativos de Morretes atribuem a origem do Barreado para aos povos indígenas. Outras versões da história dizem que ele foi criado por tropeiros, ou comerciantes de burro, ou que o prato foi criado localmente durante o Carnaval.

Seja qual for a origem, o Barreado é um prato típico do Paraná, a carne é cozida lentamente em panela de barro cuja tampa é vedada com uma mistura de trigo e farinha de mandioca. Depois de cerca de 12 a 18 horas de cozimento – um processo que, no passado, era feito em um buraco no solo, o barreado é servido sobre farinha de mandioca, com fatias de banana e pimenta. O caldo da carne são misturados com farinha para fazer o pirão.

A cidade de Morretes tem cerca de 30 pontos turísticos e atrações para todos os gostos e idade. Há cachoeiras, uma igreja de dois séculos de idade e trilhas para ecoturismo e ciclismo, entre outras atrações. O centro histórico e gastronômico está rodeado por palmeiras reais e dividido pelo rio Nhundiaquara, que atravessa toda a cidade.

No centro histórico é destaque fica por conta da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Porto, que tem mais de 200 anos.

Mais uma atração de Morretes é o Rio Nhundiaquara, que atravessa o centro da cidade. Este rio, que liga o litoral as terras altas. O rio é navegável por cerca de 12 km e oferece possibilidades para a pratica de esportes aquáticos. A Ponte Velha inaugurada em 1912 que cruza o rio no centro da cidade também é considerado uma obra de arte.

Em alguns pontos, o ria cria áreas com algumas praias naturais, onde as pessoas podem nadar e relaxar.

Outra atração que não pode ficar de fora das suas visitas a Morretes é o trem turístico que vai de Curitiba a Paranaguá.

A estação ferroviária é uma das atrações turísticas mais importantes no Paraná, é uma notável obra da engenharia assinada por Antonio Pereira Rebouças Filho. Sua construção começou em 1880 e levou cinco anos para terminar seus 110 quilômetros de ferrovia, incluindo 14 túneis e 30 pontes.

Morretes 1

Morretes 2 Morretes 3

Morretes 5

Morretes 6 Morretes 7 Morretes 8





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *